Educandos da ADEVIRP visitam a nova Biblioteca Sinhá Junqueira em Ribeirão Preto/SP

A leitura ainda transforma vidas!

Na quinta-feira, 13 de fevereiro, os educandos da ADEVIRP que fazem parte do projeto Voz que Transforma, programa em parceria com o Ministério da Saúde – PRONAS – PCD – (Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência), foram visitar a nova biblioteca Sinhá Junqueira, aqui em Ribeirão Preto.

Após passar por uma restauração de 11 milhões de reais e recém-entregue à sociedade ribeirão-pretana, a Biblioteca Sinhá Junqueira recebeu adaptações para deficientes visuais e criou uma sala específica de acessibilidade.

O grupo visitante, composto pelos integrantes do projeto Voz que Transforma, a presidente fundadora da instituição, Profa. Marlene Taveira Cintra, educandos, profissional de OM (Orientação e Mobilidade), e a responsável pela biblioteca ADEVIRP, logo na entrada do prédio foram surpreendidos com um mapa tátil, que trazia informações direcionais.

Nossa equipe foi recepcionada pelo diretor da Biblioteca, Ciro Monteiro, que apresentou o contexto histórico da construção da casa do Cel. Quito Junqueira, da época dos Barões do Café na década de 1930. Ele também fez a audiodescrição dos detalhes arquitetônicos que foram recém-restaurados, como: afrescos, pisos, vitrais e a manutenção do antigo acervo da Biblioteca Altino Arantes. Durante a visita ao palacete, Ciro explicou que aquele Espaço Público foi um desejo em vida da antiga moradora da casa, registrado em testamento pela própria Sinhá Junqueira.

Um dos momentos mais especiais foi ver os educandos interagindo com os modernos equipamentos inclusivos na sala de acessibilidade: O Sara CE (um leitor de livros, mais conhecido como “point”), o ClearView (um monitor que amplia as letras de um livro, também conhecido como “Lupa”), o Big trackball (um mouse estacionário com esfera gigante) e um teclado com letras maiores e colorido para as pessoas com baixa visão.

Os educandos também conheceram o acervo mais antigo da família Junqueira, livros raros que estão em uma sala climatizada, raridades como o sínodo de Coimbra-Portugal, 1707; um livro do século XVI.

A parte moderna da biblioteca oferece um espaço específico para as crianças, e foi exatamente ali que a bibliotecária da ADEVIRP, Paula Regina Vigna, encontrou alguns exemplares em Braille para o deficiente visual. Em breve, o Projeto Voz que Transforma, fará doações de audiobooks para o acervo da Biblioteca Sinhá Junqueira.

Em entrevista concedida à TV RECORD, Profa. Marlene falou sobre a necessidade de mais programas para facilitar o acesso da pessoa com deficiência visual a livros e materiais em braille nos espaços públicos de Ribeirão Preto. Ela também disse que está muito orgulhosa por Ribeirão ser presenteada com um lugar tão majestoso e com atenção à inclusão da pessoa com deficiência. Na oportunidade, agradeceu a recepção e a brilhante audiodescrição dos espaços realizada pelo diretor Ciro Monteiro.

As crianças receberam uma atenção toda especial da Bibliotecária e monitora, Aline Botelho, que prometeu em breve uma brinquedoteca no espaço infanto-juvenil. A agente cultural, Carolina Gregório, disse que a visita dos educandos da ADEVIRP torna a Biblioteca mais viva e dinâmica, interagindo com o público que necessita de inclusão social.

Agradecemos à cobertura de imprensa realizada pela RECORD TV INTERIOR e ao Jornal escrito TRIBUNA RIBEIRÃO. A ADEVIRP está orgulhosa em realizar essa parceria com a Fundação Coronel Quito Junqueira, entidade com fins sociais e filantrópicos, responsável pela Biblioteca Sinhá Junqueira.

Vitor Maciel
MTB 79134/SP
Fotos: Paula R. Vigna

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *