ADEVIRP participa do 1º Encontro Nacional de Pessoas Cegas e com Baixa Visão, em São Paulo-SP.

De 5 a 7 de março de 2020, aconteceu o 1º Encontro Nacional de Pessoas Cegas e com Baixa Visão, no Centro de Treinamento Paralímpico, na cidade de São Paulo/SP.

O objetivo do Encontro foi promover um debate amplo sobre o futuro institucional e associativo do movimento de cegos brasileiros.

Público-alvo: dirigentes de entidades, pessoas cegas em geral, familiares, ativistas e lideranças de movimentos não institucionalizados, pesquisadores, todos do controle social, formadores de opinião relacionados ao tema e trabalhadores da área.

A professora Marlene Taveira Cintra e o professor de OM (Orientação e Mobilidade), Márcio Evangelista, foram a São Paulo, representando a ADEVIRP – Associação dos Deficientes Visuais de Ribeirão Preto e Região.

Na quinta-feira, 5 de março: Beto Pereira, primeiro vice-presidente da Organização Nacional de Cegos do Brasil (ONCB), contou a história da instituição, perspectivas e desafios ao organizar este 1º Encontro Nacional. A professora Marlene destacou a palestra do Rodrigo Santos – Presidente do Conselho Fiscal da Associação de Cegos e Amblíopes de Portugal – ACAPO, que direto da Europa, falou sobre o movimento de cegos no mundo, apresentando diferentes estratégias de governança.

O evento também contou com convidados internacionais: Matias Emmanuel Ferreyra – Secretário de Direitos Humanos e Assuntos Legais da Federação Argentina de Inclusão dos Cegos (FAICA) e o espanhol, Javier Güemes – Diretor de Relações Institucionais do Grupo Social ONCE, Volmir Raimondi – Presidente da União Latino-Americana de Cegos (ULAC).

A mesa ainda foi composta pelo Presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), Mizael Conrado de Oliveira, que destacou a importância do esporte paralímpico no Brasil.

Na sexta-feira, 6 de março: os palestrantes foram: Cristina Gonçalves – Coordenadora da Executiva do Movimento Brasileiro de Mulheres Cegas e com Baixa Visão; Sonny Pólito – Presidente do Movimento Bengala Verde; Willian de Lelis Braz Nascentes – Presidente do Movimento de Deficientes Visuais (MODEVI); Luiz Carlos da Silva – Coordenador Diretivo da União Nacional de Cegos (UNACE).

No período da tarde, Mizael Conrado de Oliveira e o Formador de Políticas Sociais, pesquisador e Diretor de Relações Institucionais da ONCB, Carlos Eduardo Ferrari, falaram sobre “Perspectivas para o futuro, governança e ação política na era da conectividade”.

As lideranças de todo o Brasil que estavam no evento, foram divididas em quatro grupos e discutiram os seguintes temas:
– Tecnologia e acesso à informação – Grupo Rosa;
– Organização institucional e políticas públicas – Grupo Amarelo;
– Deficiência visual e o mundo do trabalho – Grupo verde;
– A deficiência visual no convívio familiar e comunitário – Grupo Azul.

No sábado, 7 de março: no período da manhã, aconteceram oficinas de proposição, discutindo encaminhamentos para qualificar o movimento de cegos brasileiros.

Após o almoço, aconteceu a celebração pelo dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher.

O 1º Encontro Nacional de Pessoas Cegas e com Baixa Visão encerrou-se com a validação de uma carta de proposições, aprovadas por todos em plenária.
A presidente fundadora da ADEVIRP, Profa. Marlene, pontua que as Tecnologias Assistivas estão evoluindo e abrindo fronteiras para as pessoas com deficiência visual em todo o mundo. Ela também disse que esse modelo de comunicação, no entanto, não pode desvalorizar o Braille, mas sim incentivar a aprendizagem em todas as instituições do Brasil.

Legenda da foto:Da esquerda para a direita: Mizael Conrado (presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro); Cid Torquato (Secretário Municipal da Pessoa com Deficiência de São Paulo); Moisés Bauer (Representante do Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência – CONADE); Beto Pereira (primeiro Vice-presidente da ONCB); Javier Güemes (Diretor de Relações Institucionais do Grupo Social ONCE) e Carlos Eduardo Ferrari (Diretor de Relações Institucionais da ONCB).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *